Declaración de intenciones

Este blog intenta tener cubiertos al menos dos sentidos del hipotético visitante: la vista y el oído. La vista resulta evidente y el oído se consigue haciendo clic en el título de cada entrada.
Espero que lo disfrutéis.

sábado, 15 de julio de 2006

O Sonho


Quem contar um sonho que sonhou
não conta tudo o que encontrou
Contar um sonho é proibido

Eu sonhei um sonho com amor
e uma janela e uma flor
uma fonte de água e o meu amigo

E não havia mais nada...
só nós, a luz, e mais nada...
Ali morou o amor

Amor, que trago em segredo
num sonho que não vou contar
e cada dia é mais sentido

Amor, eu tenho amor bem escondido
num sonho que não sei contar
e guardarei sempre comigo

© Madredeus

2 comentarios:

Anónimo dijo...

Os amores não são para se esconder, amiga ;-)

Bliss dijo...

Ás veces se saborean mellor estando escondidos :-P